terça-feira, 31 de agosto de 2010

Esmalte do Dia

Por Marina Melo

Sexta-feira foi o meu dia de "cuidar de mim". Fiz tudo que eu achava que tinha direito e registrei o esmalte escolhido para mostrar para vocês:



A cor é linda! Mas já é a segunda vez que eu uso eesse esmalte da Chanel e ele descasca rápido. Não gosto muito disso viu...

E parece que a Thereza Chammas, do Fashionismo, assim como eu, também não está contente com os esmaltes da Chanel: http://www.fashionismo.com.br/2010/08/o-mito-do-esmalte/

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Oxford

Por Marina Melo

No começo dessa semana a Mari Barbar arrasou no look e combinou o shorts boyfriend e uma blusa preta com aplicações de franja com um sapato oxford rosa clarinho (uma pena que não fotografamos, sorry!!!!!).
Foi um dos looks mais bacanas com esse tipo de shoes que eu já vi e me fez ter vontade de pesquisar as mutações dele para os dias de calor.
Eu encontrei esse daqui na Shoestock e confesso que não gostei muito, mas tem gosto pra tudo.
Acho que dessa vez abro mão da novidade e continuo com o tradicional.
E vocês, o que acharam?

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Está todo mundo comentando...Prêmio Multishow

Por Marina Melo

Ontem aconteceu o prêmio Multishow e na bloguesfera o que mais se comenta são os looks que passaram pelo red carpet. Como não poderia ser diferente, o M.A. também vai mostrar um pouquinho disso, mas com um olhar mais comparativo.

Monique Alfradique e Taila Ayla apostaram no vermelho e vestidos que batendo o olho se
parecem, não é?

As Fernandas (Fernanda de Freitas e Fernanda Paes Leme) se alternaram na maneira diferente de usar uma peça suuuper parecida.
Passendo pela Blogosfera, quase não vi fotos e comentários sobre um dos looks que mais me chamou a atenção. Não sei se é o dia ensolarado, o clima quente ou a moda da renda mesmo, escolhi o look da Fernanda Pontes como o preferido.

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Releitura e Criatividade

Por Marina Melo
Inspirações, releituras, cópias. Atualmente, o universo da moda está aproximando as pessoas por meio dos acessórios e roupas. Está cada vez mais possível ter o modelo da peça que desejamos, mesmo que ela seja uma releitura assumida de uma original muito cara. Mas será que essa globalização e democracia é tão boa assim?
Desde bem elaboradas bolsas até simples chinelos, a grande maioria dos objetos de consumo são resultado de alguma inspiração consagrada. Mas afinal, onde foi parar a criatividade dos produtores e consumidores da moda? A qualidade e o preço deixaram de ser os requisitos fundamentais para a escolha, é necessário ser umareleitura de algo famoso e caro para obter sucesso nas vendas.
Apesar da moda ser um espaço disponível para expor os diversos gostos e desenvolver as diferentes criatividades, o que prevalece são as peças famosas, caras e também as que se inspiram nelas. O diferente, que já foi exclusivo, passou a ser visto como estranho.
Ou pela falta de tempo ou apenas para se sentir fazendo parte de alguma coisa, deixamos de customizar, criar e mudar o que usamos. Estamos cada vez mais democráticos, porém extremamente iguais e isentos da criatividade.

E você, o que pensa sobre as releituras?

A tão polêmica Balenciaga e as releituras em moleton